A confiabilidade da bíblia

Por séculos a bíblia é utilizada no meio religioso, especialmente cristão, como uma regra de vida, mas seria ela confiável apenas pelos olhos da fé? Não tenho o intuito de ser longo em meus posts, então separei três argumentos básicos que podem nos ajudar a entender o porquê podemos confiar na bíblia:

Unidade – Imagine 40 escultores em três continentes diferentes sem nunca tiverem tido contato entre si esculpirem cada um uma pedra, qual a probabilidade de, ao final, juntar todas essas pedras e formar o Cristo Redentor? Num período de 1600 anos, a bíblia foi escrita por 40 homens, em 3 continentes diferentes, porém nunca se contradiz em nada, antes, torna-se incrível como há harmonia entre seus 66 livros e como todos ensinamentos (mesmo seus autores nunca tendo se visto) cooperam para a pessoa de Jesus Cristo e o plano reconciliatório de Deus para com a humanidade.

Cumprimento das profecias – Nenhum outro livro religioso contém predições tão exatas que vieram a serem cumpridas centenas de anos depois, como Isaias 53 cumprido cerca de 700 anos depois na crucificação de Jesus e Daniel 2 cumprindo-se nos impérios terrenos vindouros e a chegada do Reino de Deus 500 anos após a predição. Apenas sobre o Messias são mais de 300 profecias feitas no Antigo Testamento e todas foram cumpridas na pessoa de Jesus narrados nos Evangelhos. Jamais algum humano conseguiria tal feito, mas para Deus tudo é possível, Ele anuncia o fim desde o começo (Is 46.10) e não há outra explicação para exatidão nas profecias, senão o seu imenso poder.

O testemunho da história e arqueologia – seja pelos estudos da história ou pela arqueologia sempre podemos combater os incrédulos quanto a confiabilidade da bíblia. Usando os mesmos critérios de julgamento que outros escritos antigos, a bíblia se torna o mais confiável de todos, são mais de 5000 cópias do Novo Testamento datadas próximas da escrita original (entre 200 e 300 anos depois da escrita e alguns com até menos de 100 anos) e semelhança quanto ao conteúdo que está escrito, o que dá uma margem confiabilidade de 99,5% sobre os escritos originais (nenhum outro escrito antigo tem tamanha margem de confiabilidade); também eventos difíceis de entender, humanamente falando, como o dilúvio são narrados por diversos povos além dos hebreus e como as 10 pragas do Egito também foram contados pela história egípcia.

Tais argumentos nos mostra que de fato podemos confiar na bíblia e o quanto Deus agiu guiando seus escritores e agiu na história da humanidade para o bem da salvação eterna, a fé porém é o fator principal para nossa confiança na bíblia e salvação. “Sede vós, igualmente, perseverantes. Fortalecei o vosso coração, porquanto a vinda do Senhor está próxima.” (Tg 5.8).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s